[Artigo] Relés e Dispositivos Finder para Áreas Explosivas (ATEX)

Linha de interfaces a relé, módulos temporizados e relés de potência

Garantir qualidade e segurança ao mercado e aos usuários diretos de seus produtos, é premissa básica da Finder, fabricante especialista com o maior número de homologações do mundo. Neste artigo publicado anteriormente, destaca-se a importância de produtos homologados, a confiabilidade que cada homologação proporciona e os riscos evitados.

Pensando nisto, a Finder desenvolveu uma linha de interfaces a relé, módulos temporizados e relés de potência para placa de circuito impresso certificados e homologados para aplicação em áreas classificadas, de acordo com as normas técnicas internacionais da Série IEC 60079-15:2015, elaboradas pelo Comitê Técnico 31 da IEC – Equipamentos para Atmosferas Explosivas – onde o Brasil ocupa a posição de participante.

Entendendo sobre Atmosferas Explosivas

Muitos profissionais que atuam nas áreas de manutenção de indústrias do setor alimentício, farmacêutico, siderúrgico, de óleo e gás, sabem que há um risco maior de explosão quando certas combinações acontecem. As atmosferas explosivas, ou áreas AtEx são justamente esses locais, onde existem certos fatores que contribuem para que uma explosão ocorra.

A mistura de substâncias inflamáveis na forma de gases, vapores, pós ou névoas, junto com condições críticas, como altas temperaturas, arcos elétricos ou na presença de faíscas, tem grande probabilidade de explodir.

Atmosfera explosiva

Para ter certeza do quão arriscado é o local, deve, portanto, ser considerada a concentração da substância. Ou seja, as áreas perigosas são classificadas com base na probabilidade da existência da atmosfera explosiva.

A escolha do dispositivo ideal para uma atmosfera explosiva

Vamos imaginar que você trabalhe justamente em um local onde há uma elevada propensão de explosão, havendo constantemente a mistura de gases, vapores, pós ou névoas.

No caso de zonas onde há concentração de gás, para saber qual dispositivo você irá utilizar neste local, é necessário compreender a probabilidade de existência da atmosfera explosiva, de acordo com as 3 zonas, a seguir:

  • Zona 0: uma mistura explosiva está sempre presente em condições normais (ou está presente por um longo período de tempo)
  • Zona 1: emcondições normais, uma mistura explosiva pode estar presente
  • Zona 2: área em que uma mistura explosiva raramente está presente em condições normais, e se estiver presente, está presente por um período limitado

Já em locais onde há uma maior concentração de pó, as categorias são diferentes, mas os riscos a serem avaliados são similares as zonas de gás.

  • Zona 20: onde há sempre, em condições normais ou por longo período de tempo, uma mistura explosiva de pó
  • Zona 21: onde pode existir uma mistura explosiva de pó em condições normais 
  • Zona 22: área onde, em condições normais, não há mistura explosiva, apenas raramente e por um período limitado de tempo

Visando justamente garantir uma maior segurança aos produtos que são destinados para estes locais, foi criada em 2014 pela IEC a norma 60079 que regulamenta os produtos que podem ser utilizados em locais AtEx – Atmosferas Explosivas.

Se os locais onde você atua estiverem classificados nas Zonas 2 e 22, você poderá escolher os dispositivos declarados como Categoria 3.

Produtos Finder de acordo com as Diretivas Internacionais AtEx

As indústrias químicas, petroquímicas, farmacêuticas, bem como, postos de gasolinas, depósitos de gás liquefeito (GLP), que estão classificados na Zona 2 de atmosfera explosiva, podem contar com as novas versões das interfaces e relés das Séries 39|58|66|86|.

 

serie 39-produtos-atex

Confira no site da Finder o produto que mais se adequa a área explosiva de sua empresa.